quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Noite Multicultural - Outubro 05


A Fundação Cultural de Blumenau convida a comunidade para mais uma Noite Multicultural, excepcionalmente nesta quarta-feira, 5, com a abertura das exposições (im)pressões de nós no espaço-tempo, na Sala Oficial do MAB. Exposição Procedere - 40ª edição da Coletiva de Artistas de Joinville, nas Salas Especial, Elke Hering e Alberto Luz. Exposição EletriXidade, no Auditório Carlos Jardim. E Outubro Rosa, no Espaço Alternativo. A Conversa com os Artistas será a partir das 18h30, com a participação do Coletivo OpiopticA e do Coletivo Procedere. Às 20 horas o artista Franzoi, que é o curador das exposições, realiza performance seguida de bate-papo. Professores, arte-educadores, coordenadores pedagógicos, artistas, acadêmicos, alunos de arte e a comunidade em geral estão convidados a participar do encontro.

(im)pressões de nós no espaço-tempo - Sala Oficial
A performance que acontece na noite de abertura será gravada e deixada como registro em vídeo-projeção durante o período da exposição. Segundo Fernando Lindote, que assina o texto "Abandonar para Encontrar", da exposição (im)pressões de nós no espaço-tempo, Franzoi se coloca um tanto excêntrico às prerrogativas que direcionam as obras do nosso tempo: circulação e mercado. E recupera outra razão para fazer uma obra: a transmissão de conhecimento. Por entre a performance, seu registro e instalação, Franzoi passa um humano, frágil e forte, como cada um de nós. Como nós, sonha que está acordado. E como nós, vislumbra algo muito além de si. E continua buscando. E marca seu caminho para os que vêm depois. Franzoi é natural de Taió e reside em Joinville. Artista plástico, arte-educador, ator, cenógrafo, diretor teatral e performático. Curador de Mapeamento - Programa Rumos Artes Visuais 2011-2013, do Itaú Cultural.

Exposição Procedere - Salas Especial, Elke Hering e Alberto Luz
A 40ª edição da Coletiva de Artistas de Joinville, com curadoria de Fernando Lindote e Franzoi, tem como núcleo de problematização, questões em torno dos procedimentos e/ou processos constituintes da produção visual na atualidade, a partir do circuito de Joinville. Os termos procedimento e processo se confundem em sentido, porém, no âmbito das artes visuais, há um entendimento, de senso comum, que os especifica temporariamente: procedimento que costuma indicar os modos materiais e metodológicos que cada artista emprega no desenvolvimento de seus trabalhos; enquanto processo, costuma ser aplicado num sentido mais geral na poética do artista, ou seja, como se estivéssemos falando dos grandes movimentos que determinam suas fases e interesses.

Exposição EletriXidade - Auditório Carlos Jardim
Desenvolvida pelo Coletivo opiopticA, de Blumenau, como uma mostra de arte com computadores, a instalação se propõe a absorver o visitante através de escaneamentos, fotografias, sensores de movimento, para serem manipulados por softwares de mixagens em tempo real. São mais de doze terminais que se interligam, para formar uma espécie de cidade virtual/real. Elementos sonoros, visuais e sensoriais são incorporados à exposição, instigando o visitante a interagir com o ambiente, tornando-se parte real da instalação. Aberta à visitação até o dia 6 de outubro.

Outubro Rosa - Espaço Alternativo
O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Todas as ações são direcionadas à conscientização da prevenção, pelo diagnóstico precoce. A popularidade do Outubro Rosa alcançou o mundo de forma bonita, elegante e feminina, motivando e unindo diversos povos em torno de tão nobre causa. A Rede Feminina de Combate ao Câncer apresenta no Espaço Alternativo da Fundação Cultural de Blumenau, suas atividades/produtos e uma exposição de camisetas pintadas pelos artistas plásticos da Bluap.

Apresentação de dança - Nos Trink Criu, por Vinícius Roberto da Silva, no Espaço Elfy Eggert.
Apresentação de Danças Urbanas com "Elfo nos Trink", membro do grupo "Nos Trink Criu", que existe desde 2003 e durante esses anos vem se envolvendo com a Cultura Hip-Hop e Street Dance (dança de rua), estudando, vivenciando e difundindo seus elementos pelo Brasil. O grupo Nos Trink Criu, possui membros em diversas cidades como Blumenau, Florianópolis, Balneário Camboriú e São Paulo. Atualmente Elfo reside em Blumenau e desenvolve trabalhos diversos como oficineiro e palestrante em trabalhos com a Cultura Hip-Hop e também como professor de dança de rua e dançarino em diversos locais, tanto em Blumenau, como em Timbó onde trabalha em um projeto até o final deste ano, focando abrir novas portas para o Hip-Hop de forma geral e para as Danças Urbanas de forma individual, trazendo à tona a essência artística e cultural destes elementos para a região do Vale do Itajaí.

Visitação até 30 de outubro, de terça a sexta-feira, das 9 às 17 horas; sábados, domingos e feriados, das 10 às 16 horas. Visitas monitoradas podem ser marcadas pelo telefone 3326 6596.

Fonte: Mia Ávila, gerente do MAB (9977 9816 e 3326 6596)
Assessora de Comunicação: Marilí Martendal (3326 8124 e 9943 0235)