sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Gabinete do Prefeito recebe exposição de obras do MAB


O Gabinete do Prefeito instalou na terça-feira, dia 22 de novembro, a segunda temporada de exposições do ano, com obras do acervo do Museu de Arte de Blumenau (MAB). A mostra reúne quatro obras de três artistas: as catarinenses Beatriz Bona e Rosina de Franceschi, e a paulista Simone Tanaka.

A gerente do museu Mia Ávila salienta que a iniciativa tem por objetivo dar visibilidade às obras do acervo do MAB, ressaltando a trajetória artística e a produção de talentos tanto catarinenses quanto de outros Estados, em ambientes protegidos. Segundo ela, no período 2013/2016 foram promovidas 10 exposições no Gabinete do Prefeito, que contaram com 48 obras do acervo do MAB, representativas de 23 artistas.

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello

terça-feira, 22 de novembro de 2016

MAB lança edital para exposições temporárias


A Fundação Cultural de Blumenau (FCBlu) abriu hoje, dia 21, as inscrições para o Edital de Exposições Temporárias no Museu de Arte de Blumenau (MAB) para o ano de 2017. A intenção é contribuir para a dinamização do museu e democratizar a utilização dos espaços públicos, promovendo, dessa forma, a difusão das produções contemporâneas das artes visuais. O edital completo pode ser consultado no site da Fundação Cultural de Blumenauwww.fcblu.com.br > Editais > MAB.
O MAB receberá propostas individuais e/ou coletivas no período de 21 de novembro de 2016 a 30 de janeiro de 2017. Poderão participar artistas, curadores e instituições públicas ou privadas, nacionais e/ou estrangeiros. Serão aceitos trabalhos nas diferentes linguagens das artes visuais.
As inscrições são gratuitas e deverão ser efetuadas pessoalmente ou por via postal, valendo como data de recebimento o protocolo (no caso de entrega pessoal) ou o carimbo de postagem da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafoau / Santa Catarina endereçadas para:

EDITAL DE EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS - ANO 2017
MUSEU DE ARTE DE BLUMENAU
Rua XV de Novembro, 161, Centro
89010-001 - Blumenau

Saiba mais
Edital de Exposições Temporárias no Museu de Arte de Blumenau (MAB) para o ano de 2017
Período de inscrições: 21 de novembro de 2016 a 30 de janeiro de 2017
Link para o edital completo:
http://www.blumenau.sc.gov.br/governo/fundacao-cultural/pagina/editais-fcblu//mab-edital

Curiosidade
No período de março de 2013 a novembro de 2016 o MAB promoveu 20 Temporadas de Exposições, envolvendo 113 exposições, 183 artistas expositores provenientes de 32 cidades, 15 Estados e cinco países, sendo Brasil, Argentina, Itália, Finlândia e França

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello 

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Museu de Arte de Blumenau abre para visitação noturna



Na noite de quinta-feira, dia 17 de novembro, o Museu de Arte de Blumenau (MAB) abriu as salas expositivas para receber 36 alunos do Curso Superior de Design de Moda e Gráfico da Univali, que vieram acompanhados do professor Renato Riffel. Os visitantes foram recepcionados na Sala Especial pela gerente do museu, Mia Ávila. Riffel agenda visitas semestrais dos alunos desde 2012 e utiliza como fonte de pesquisa as atividades do museu (divulgadas no site da Fundação Cultural de Blumenau e no Blog do MAB).
O professor abordou temas inicialmente tratados em sala de aula sobre arte contemporânea, as questões e reflexões que ela suscita. Após a visita, os alunos foram orientados a eleger uma obra para discussão em sala de aula. Os acadêmicos visitaram as exposições O que te move, de Elisangela Justino, Signos, de Giovana Hultimann, Possibilidades e limitações aprofundadas em condições do cotidiano, de Edilson Viriato, Composição, de Marinice Costa, e Reinvenção de Trajetórias entre Signos, de Ropre.
Para Mia Ávila, o estabelecimento desse vínculo de confiança entre o professor e o museu, favorece a experiência estética dos alunos visitantes. “A observação das obras, a curadoria e a expografia propiciam questionamentos que estabelecem relações com os temas tratados em sala de aula”, comenta.

Saiba mais
5ª Temporada de Exposições no MAB
Visitas: até 17 de fevereiro de 2017. De terça-feira a domingo, das 10h às 16h
Visitas mediadas: agendamentos pelo telefone (47) 3381-6176
Entrada franca

As exposições do MAB
- Possibilidades e limitações aprofundadas em condições do cotidiano, do artista Edilson Viriato (Curitiba/PR)
- O que te move?, da artista Elisângela Justino (Curitiba/PR)
- Signos, da artista Giovana Hultmann (Curitiba/PR)
- Composição, da artista Marinice Costa (Curitiba/PR)
- Reinvenção de Trajetórias entre Signos, da artista Ropre (Uberlândia/MG)

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello



Exposição "O que te move?" desafia as normas do mundo racional


O Museu de Arte de Blumenau (MAB) está com a 5ª temporada de Exposições do ano em andamento. Uma das atrações é exposição “O que te move?”, da artista plástica paranaense Elisangela Justino Strasser. Esta mostra permanece no museu para visitação até 17 de fevereiro de 2017. A entrada é franca de terça-feira a domingo, das 10h às 16h. Visitas mediadas podem ser agendadas pelo telefone (47) 3381-6176.
As séries que formam o conjunto da exposição “O que te move?” fazem alusão a um mundo imaginário e não têm a intenção de obedecer às normas do mundo racional. As obras desafiam a lógica, entretanto é sobre o pensamento relativo a elas que a artista convida o público a reflexão, a compor paralelos e os confrontar com a sua realidade individual. Aborda questões do Eu, do comportamento humano e do pensamento.
A exposição conta com instalações, desenhos e pinturas figurativas, fazendo uso de técnicas mistas, com materiais e tamanhos diversos. Nas pinturas e colagens a artista usa a imagem de uma manequim vestindo um babydollvermelho como personagem. A figura (ou parte dela), presente na maioria das obras, está sempre na mesma posição, sentada de maneira contemplativa.
Nas instalações são utilizados diferentes materiais, como vidros, linhas de pesca, anzóis, alfinetes, negativos de filmes fotográficos, espelhos, bússolas, lupas, lanternas, luzes, entre outros. A combinação inusitada destes materiais permitem significado e plasticidade às obras. As luzes produzem sombras, os objetos simulam as misturas, as experiências e as relações. Os textos nas paredes fornecem pistas.

A artista
Elisangela Justino Strasser vive e trabalha em seu atelier na Cidade de Curitiba (PR). É formada em Administração de Empresas (UFSC) e em Artes pela Escola Panamericana de Artes e Design, São Paulo. Possui curso em Teoria e Prática da Cor – Ciência, história e arte, na Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP).  Desenvolveu estudos no curso de Laboratório de Criação Artística Tridimensional na Faculdade de Artes do Paraná (FAP). A artista faz parte do Centro de Arte Contemporânea Edilson Viriato e é integrante do Grupo de Arte 725.

Serviço
5ª Temporada de Exposições no MAB
Visitas: até 17 de fevereiro de 2017. De terça-feira a domingo, das 10h às 16h
Visitas mediadas: agendamentos pelo telefone (47) 3381-6176
Entrada franca

As exposições do MAB
Possibilidades e limitações aprofundadas em condições do cotidiano, do artista Edilson Viriato (Curitiba/PR)
O que te move?, da artista Elisângela Justino (Curitiba/PR)
Signos, da artista Giovana Hultmann (Curitiba/PR)
Composição, da artista Marinice Costa (Curitiba/PR)
Reinvenção de Trajetórias entre Signos, da artista Ropre (Uberlândia/MG)

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello 

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Artista de Curitiba expõe no Museu de Arte de Blumenau até 17 de fevereiro



A exposição “Composição” de Marinice Costa traz para o Museu de Arte de Blumenau (MAB) um conjunto de obras, nas quais a pesquisa é uma das diretrizes principais e a racionalidade é a matéria-prima. O espaço esta aberto para visitação até o dia 17 de fevereiro do ano que vem. O MAB funciona de terça-feira a domingo, das 10h às 16h, e a entrada é franca. Visitas mediadas podem ser agendadas pelo telefone (47) 3381-6176.
A artista busca suscitar reflexões sobre a potencialidade da arte, principalmente da pintura. Procura ampliá-la e renová-la no espaço e no tempo. Cada obra contém um conjunto de elementos que formam uma unidade. O conjunto destas obras conforma o espaço expositivo proposto por ela como uma grande composição, supondo uma ruptura do equilíbrio estático das mesmas.
Marinice procura obter a saturação das cores com sobreposições de camadas fluídas com formas bem determinadas. Cores estas que são minuciosamente selecionadas sempre buscando um contraponto, um contraste, um retorno, um eco. “Calculo o espaço, a composição, a cor, a forma, cada quadro é uma maneira diferente de chegar ao resultado, dados isolados que ganham força na compulsão pelo fazer, resumidas na precisão da linha, do plano, do espaço, numa reverência a precisão da vida”, comenta.
A artista natural de Curitiba é Engenharia Civil e Bacharel em Pintura e Escultura pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP), com especialização em Museologia pela mesma instituição. Faz parte do Centro de Arte Contemporânea Edilson Viriato (Cacev) e do Grupo Arte 725. Tem no currículo exposições individuais e coletivas, tendo participado de Salões de Arte, mostras nacionais e internacionais. “Marinice Costa é uma artista plástoca que vive a experiência de se equilibrar entre a intuição artística e o trabalho intelectual que a pesquisa exige”, comenta o mestre em Filosofia e Especialista em História da Arte, ensaísta e artista plástico, João Coviello. “A artista avança entre trabalhos geométricos, e a procura pela exatidão da composição entre as múltiplas possibilidades da abstração. As marcas de seu trabalho são visíveis e a mão da artista busca um objetivo ético: elas querem mostrar um fazer especial, que é diferente de qualquer outra atividade. Por isso a arte é uma forma de conhecimento especial. Assim, Marinice constroi seu trabalho de forma criteriosa, mas também sem esquecer o prazer estético.”
Serviço
5ª Temporada de Exposições no MAB
Visitas: até 17 de fevereiro de 2017. De terça-feira a domingo, das 10h às 16h
Visitas mediadas: agendamentos pelo telefone (47) 3381-6176
Entrada franca

As exposições
Possibilidades e limitações aprofundadas em condições do cotidiano, do artista Edilson Viriato (Curitiba/PR)
O que te move?, da artista Elisângela Justino (Curitiba/PR)
Signos, da artista Giovana Hultmann (Curitiba/PR)
Composição, da artista Marinice Costa (Curitiba/PR)
Reinvenção de Trajetórias entre Signos, da artista Ropre (Uberlândia/MG)

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello 

terça-feira, 8 de novembro de 2016

MAB apresenta as atrações da 5ª Temporada


Um público expressivo prestigiou o Museu de Arte de Blumenau (MAB) na abertura da a 5ª Temporada de Exposições na noite da última quinta-feira, dia 3. A programação contou com homenagens, mostras nas cinco salas de exposição e conversa com os artistas. Também foi aberto ao público o Espaço Memorial Cidade de Blumenau. A Sala Oficial do MAB recebeu o nome de Roy Kellermann e os presidentes da Fundação Cultural ganharam uma galeria exclusiva. Importantes personagens da arte e da cultura blumenauense foram homenageados com a inclusão de seus nomes nas poltronas do Cine Teatro Edith Gaertner.

Os amigos da cultura receberam certificados da Fundação Cultural. Durante a noite, membros da Sociedade Escritores Blumenau (SEB) e da Academia de Letras Blumenauense declamaram poemas. Artur Ellinger e Hellamari Hohl lançaram a segunda edição do livro "Culinária Alemã do Vale do Itajaí", e o Grupo Barbotina apresentou Tessituras - arte em processo. A Banda Municipal de Blumenau incorporou o espírito natalino e, com a Banda Noel, devidamente trajada para a época, abrilhantou o evento com muita música.

As exposições
Possibilidades e limitações aprofundadas em condições do cotidiano, do artista Edilson Viriato (Curitiba/PR)
O que te move?, da artista Elisângela Justino (Curitiba/PR)
Signos, da artista Giovana Hultmann (Curitiba/PR)
Composição, da artista Marinice Costa (Curitiba/PR)
Reinvenção de Trajetórias entre Signos, da artista Ropre (Uberlândia/MG)
Visitas: até 17 de fevereiro de 2017. De terça-feira a domingo, das 10h às 16h
Visitas mediadas: agendamentos pelo telefone (47) 3381-6176
Entrada franca

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello

Arte discute o racismo em mostra itinerante ao ar livre



Legitimado pelo edital de estímulo cultural Elisabete Anderle 2014, na categoria Artes e Cultura Negra e Indígena, o artista joinvilense Sérgio Adriano H está percorrendo 15 cidades de Santa Catarina para desenvolver a exposição/ação “O Visível do Invisível” que consiste, a partir de um modo expositivo diferenciado, estimular uma reflexão sobre arte e racismo. A mostra reúne 12 trabalhos, duas séries de seis, intitulados “Preto de Alma Branca” e “Branco de Alma Preta”. Nesta quinta-feira, dia 3, o jardim do Mausoléu Dr. Blumenau foi decorado pela arte criada solitariamente em estúdio. De Blumenau, a próxima parada é nesta sexta-feira, dia 4, em Rio do Sul.

Os autorretratos do artista revelam o seu rosto pintado de dois modos, ora todo de branco e com choro de lágrimas negras, ora em tom negro e lágrimas brancas. Potentes, as imagens emolduradas em PVC (80x1,20m) são ordenadas no meio da rua ou não, seguindo um conceito de exposição movente, uma prática adotada por Sérgio Adriano H. que costuma conduzir obras em maletas acondicionadas em um suporte móvel (carrinho). No contato com o público, veste um elegante paletó. A ideia é alcançar os passantes ou espectadores, captá-los ou não para uma ação, no conceito dado pela pensadora Marilena Chauí, ou seja, algo capaz de reverberar, retirando as pessoas de uma condição passiva. Sob a luz de outros teóricos, o artista também gostaria de “transcender o ver para o olhar e o escutar para o ouvir”. Se algum curioso parar e perguntar “o que é isso?”, ele já está na condição de formulador de perguntas.

Serviço
O quê: Projeto “O Visível do Invisível”
Saiba mais: facebook.com/ovisiveldoinvisivel e http://ovisiveldoinvisive.wixsite.com/ovisiveldoinvisivel

Cidades contempladas
Blumenau, Rio do Sul, São Bento do Sul, Jaraguá do Sul, Joinville, São Francisco do Sul, Itajaí, São José, Florianópolis, Biguaçu, Criciúma, Chapecó, Concórdia, Mafra, Rio Negrinho


Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello

Fundação Cultural abre a 5ª Temporada de Exposições do MAB

O Museu de Arte de Blumenau (MAB) inaugurou a 5ª Temporada de Exposições no dia 3 de novembro, quinta-feira, às 19h. A programação da noite festiva e multicultural terá homenagens, mostras nas cinco salas expositivas e a tradicional conversa com os artistas. Também será aberto ao público o Espaço Memorial Cidade de Blumenau, a Sala Oficial do MAB passa a chamar-se Roy Kellermann e os presidentes da Fundação Cultural ganham uma galeria exclusiva. Importantes personagens da arte e da cultura blumenauense serão homenageados com a inclusão de seus nomes nas poltronas do Cine Teatro Edith Gaertner.


Prosseguindo com as homenagens, os amigos da cultura receberão certificados da Fundação Cultural. Durante a noite, membros da Sociedade Escritores Blumenau (SEB) e da Academia de Letras Blumenauense farão declamações de poemas por seus representantes. Artur Ellinger e Hellamari Hohl lançarão a segunda edição do livro "Culinária Alemã do Vale do Itajaí". O Grupo Barbotina apresentará Tessituras - arte em processo e a Banda Municipal de Blumenau abrilhantará o evento com muita música.

Serviço
Abertura da 5ª Temporada de Exposições no MAB
Quando: quinta-feira, dia 3 de novembro
Horários:
19h: conversa com os artistas
20h: solenidade de abertura das exposições, lançamento de livro, declamação de poemas pela Sociedade Escritores Blumenau (SEB) e Academia de Letra de Blumenau. Apresentações do Grupo Barbotina e da Banda Municipal de Blumenau

As exposições
Possibilidades e limitações aprofundadas em condições do cotidiano, do artista Edilson Viriato (Curitiba/PR)
O que te move?, da artista Elisângela Justino (Curitiba/PR)
Signos, da artista Giovana Hultmann (Curitiba/PR)
Composição, da artista Marinice Costa (Curitiba/PR)
Reinvenção de Trajetórias entre Signos, da artista Ropre (Uberlândia/MG)

Visitas: até 17 de fevereiro de 2017. De terça-feira a domingo, das 10h às 16h
Visitas mediadas: agendamentos pelo telefone (47) 3381-6176
Entrada gratuita

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello