quarta-feira, 6 de março de 2013

Convite Noite Multicultural


Quinta-feira tem a primeira Noite Multicultural do ano


A Fundação Cultural promove nesta quinta-feira, dia 7 de março, a primeira Noite Multicultural de 2013. A programação contempla a abertura das exposições Pintura como Plano - coletiva dos artistas paranaenses André Barroso da Veiga, Luiz Lavalle Filho e Vivaldo Vieira Neto, e Grafos, de Maristela Silveira. A visitação às exposições no Museu de Arte de Blumenau (MAB) poderá ser feita até 14 de abril, de terça a sexta-feira, das 9h às 17h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h. Visitas mediadas podem ser marcadas pelo telefone (47) 3381-6176. A entrada é franca.

A programação inclui os lançamentos literários "O livro Secreto das Mentiras & Medos", 2ª edição, de Diedra Roiz, e Epicentro de uma Tragédia, de Paulo Roberto Bornhofen. Na parte musical, as atrações incluem a Banda Municipal de Blumenau e o cantor Luiz Vicentini. A noite ainda contará com a apresentação do Coletivo Shakespeare Livre e Os Larápios no poema "A infanticida Maria Farrar", de Bertold Brecht.

A atração cultural começa às 19h, com uma conversa com os artistas. Professores, arte-educadores, coordenadores-pedagógicos, artistas, acadêmicos, alunos de arte e a comunidade em geral estão convidados a participar desse bate-papo.

A exposição coletiva Pintura como Plano faz um apanhado de pinturas dos artistas André Barroso da Veiga, Luiz Lavalle Filho e Vivaldo Vieira Neto. São propostas distintas, porém com uma interseção poética: a pintura. André trabalha em grandes formatos e utiliza da referência das ruas o estêncil (técnica de desenho com aplicação de tinta, aerossol ou não, através do corte ou perfuração em papel ou acetato). Com o uso de cores vibrantes, seu discurso provém da ideia de circuitos e trajetos em representações subjetivas. Abusa de planos e profundidade que criam uma relação intensa de sobreposições e ritmo na composição pictórica (gênero da pintura, com o objetivo de representar a aparência visual do sujeito, em geral um ser humano, embora também possam ser representados animais).

Lavalle propõe uma pesquisa ligada à representação do corpo na pintura. Partindo do pressuposto que o corpo é o próprio corpo da pintura ele opera de forma a representar em seus trabalhos o tênue limite entre figura e fundo, entre o figurativo e o abstrato, liso e rugoso, frágil e resistente, brilhante e opaco e geométrico e orgânico.

Vivaldo Vieira Neto identifica-se pelos pequenos formatos. Seus trabalhos apresentam forte depuração na composição, sem excessos. De caráter minimalista, sua pesquisa concentra-se na busca da cor, no baixo contraste e também em exercícios para resolver o espaço pictórico de maneira simples e objetiva.

A exposição Grafos de Maristela Silveira apresenta trabalhos figurativos com referência no corpo feminino. Como ponto de partida, o próprio corpo da artista é fotografado e transferido para o plano pictório. A intenção antes de ser a transcrição de forma realista foi a investigação, um olhar de fora e seus desdobramentos. Na evolução do trabalho como um todo, objetos como mobílias, animais, frases e palavras soltas somaram-se ao repertório visual.

Livros

A escritora Diedra Roiz relança seu primeiro livro, "O Livro Secreto das Mentiras e Medos", com patrocínio do Fundo Municipal de Apoio a Cultura, Conselho Municipal de Política Cultural de Blumenau, Fundação Cultural de Blumenau e prefeitura. Segundo a autora, o título fala por si só. "Secreto. Mentiras. Medo. De aceitar e assumir o que se é e o que se quer, de expor a própria verdade e ser agredido, ridicularizado, rejeitado. Inseguranças que castram manifestações de afeto, amor ou desejo. Necessidade de ser aceito", diz ela. "O pior dos preconceitos: aquele que temos contra nós mesmos".

Outro escritor presente na Noite Multicultural é Paulo Roberto Bornhofen, que apresentará o livro Epicentro de uma Tragédia. A obra trata de relatos e dramas de policiais militares que estiveram no centro da catástrofe que atingiu Santa Catarina em novembro de 2008, quando muitas pessoas perderam a vida e bens soterrados por avalanche de lama.

Serviço
Noite Multicultural, com a abertura das exposições no MAB
Data: 7 de março, quinta-feira
Horário: 19h
Local: Fundação Cultural de Blumenau, Rua XV de Novembro, 161, Centro
Visitação: até 14 de abril. De terça a sexta-feira, das 9h às 17h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h
Visitas mediadas podem ser marcadas pelo telefone (47) 3381-6176
Entrada franca

Fonte: Mia Ávila, gerente do MAB  (47 3381-6176), e Ricardo Pimenta, diretor de Cultura (47 3381-6193)
Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello (47 3381-6190 / 9977-8689)