sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

MAB divulga lista de artistas selecionados para exposições temporárias



O Museu de Arte de Blumenau (MAB) divulgou nesta quinta-feira, dia 8, as 23 propostas selecionadas para as cinco exposições temporárias previstas para este ano. Outras 11 farão parte do pacote de reserva, caso surja alguma disponibilidade de data e espaço. Ao todo, Blumenau receberá 43 artistas provenientes de 12 municípios brasileiros e um do exterior. Um dos expositores será Fabrício Rainer Schmidt, que virá da cidade de Köln, da Alemanha. A abertura da 1ª Temporada de Exposições ocorrerá no dia 8 de março.
A comissão de análise e seleção, que avaliou um total de 64 propostas inscritas, foi composta por Ester Renaux, presidente do Conselho Consultivo do MAB; Mia Ávila, gerente do MAB e membro do Conselho Consultivo; e pelas conselheiras Marilene de Lima Korting Schramm, Maristela Silveira, Noemi Kellermann, Sonia Pinheiro Heuer e Vânia Barros Guedes. A escolha teve como base os seguintes critérios: excelência artística, consistência conceitual, caráter inovador, mérito do artista (qualificação do proponente), coerência entre a proposta e o currículo do artista, viabilidade técnica e adequação aos espaços do museu.
As exposições poderão ser apresentadas em sua totalidade ou em formato parcial, de acordo com a disponibilidade de datas e espaços previamente acertados com os artistas envolvidos. Os selecionados receberão mais informações via e-mail.


Selecionados para as exposições temporárias do MAB em 2018
Adilson Lopes - São Paulo (SP)
André de Miranda - Rio de Janeiro (RJ)
Beliria Boni - Blumenau (SC)
Brisa Noronha - São Paulo (SP)
Cláudio Vitral - Belo Horizonte (MG)
Cristina Souza Bastos e Kyria Oliveira - Vitória (ES)
Élcio Miazaki (coletivo de oito artistas) - São Paulo (SP)
Fábio Salun (coletivo de 12 artistas) - Joinville (SC)
Fabrício Rainer Schmidt - Köln (Alemanha)
Fernando Moleta - Curitiba (PR)
Giulia Bianchi - São Paulo (SP)
Jociele Lampert - Florianópolis (SC)
José Rodrigues Marafigo - Curitiba (PR)
Kelly Kreis e José Maria Dias da Cruz - Florianópolis (SC)
Leandro Serpa - Tijucas (SC)
Luiz Henrique Stotz - Blumenau (SC)
Marcelo Campos - Brasília (DF)
Maria Carmen von Linsingen - Blumenau (SC)
Moacyr Castilho Gomes - Rio de Janeiro (RJ)
Pedro Gottardi - Blumenau (SC)
Ricardo Kugler - Ibirama (SC)
Sandra Lapage - São Paulo (SP)
Tomas Barth - Porto Alegre (RS)

Assessor de comunicação: Sérgio Antonello

Museus são atrativos culturais no feriado de Carnaval


Os Museus de Arte (MAB), Hábitos e Costumes e da Família Colonial estão entre os atrativos do município para o feriado de Carnaval. Os espaços mantidos pela Fundação Cultural de Blumenau (FCBlu) abrirão ao público no sábado, dia 10; domingo, dia 11; e terça-feira, dia 13, sempre das 10h às 16h. Na segunda-feira, dia 12, os três locais ficarão fechados para manutenção, procedimento realizado todas as semanas.
No Museu da Família Colonial, o visitante poderá conhecer a exposição “50 Anos Preservando a História de Blumenau”, que guarda objetos pertencentes a importantes personagens da cidade, como Edith Gaertner, Renata Dietrich e Ferreira da Silva. “Também há imagens sobre o desenvolvimento do museu, exposições antigas, artefatos dos moradores, documentos, instrumentos técnicos para preservação do acervo e objetos de temáticas variadas que o museu recebeu”, destaca a museóloga Marcella Borel.
Já o MAB abriga a 5ª Temporada de Exposições de 2017, que vai até o dia 18 de fevereiro. No local, estão expostas obras de diversos artistas, como “Do lado de cá, do lado de lá”, de Eugênia França; “Desdobra”, de João César de Melo; “Floema”, de Simone Moraes; “Recortes”, da FAAPSC; “Diagnósticos”, de Nelson Júlio; e “Pequenos Formatos”, de Marco Magalhães.

Saiba mais

Museu da Família Colonial
Endereço: Alameda Duque de Caxias, 78 - Centro
Ingressos: R$ 5 (inteira) e R$ 2,50 (meia). Crianças de até 8 anos e idosos são isentos
Telefone: 3381-7516

Museu de Hábitos e Costumes
Endereço: Rua 15 de Novembro, 25 - Centro
Ingressos: R$ 5 (inteira) e R$ 2,50 (meia). Crianças de até 8 anos e idosos são isentos
Telefone: 3381-7979

Museu de Arte de Blumenau (MAB)
Endereço: Rua 15 de Novembro, 161 - Centro
Entrada franca
Telefone: 3381-6176
Visitação: de terça-feira a domingo das 10h às 16h.

Assessor de comunicação: Sérgio Antonello

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Inscrições para exposições temporárias do MAB permanecem abertas


A Fundação Cultural de Blumenau (FCBlu) recebe até 26 de janeiro as inscrições de artistas interessados em participar das exposições temporárias do Museu de Arte de Blumenau (MAB) em 2018. O edital foi lançado no dia 1º de novembro para compor as cinco temporadas programadas para o período. A intenção é contribuir para a dinamização do MAB e democratizar a utilização dos espaços públicos, promovendo a difusão das produções contemporâneas das artes visuais. As inscrições são gratuitas e devem ser efetuadas pessoalmente ou por via postal até o prazo limite, valendo como data de recebimento, no caso de entrega pessoal, o protocolo ou o carimbo de postagem da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.
O MAB recebe propostas individuais e/ou coletivas. Podem participar artistas, curadores e instituições públicas e/ou privadas, nacionais e/ou estrangeiras. São aceitos trabalhos nas diferentes linguagens das artes visuais. O regulamento completo pode ser consultado no site.
As mostras temporárias do MAB, com a seleção dos expositores por meio de editais, iniciaram em 2011. Desde então, o museu promoveu 38 temporadas, envolvendo 178 exposições e 429 artistas provenientes de 34 cidades, 16 estados e cinco países - Brasil, Argentina, Itália, Finlândia e França.

Saiba mais
Edital de Exposições Temporárias do MAB para 2018
Período de inscrições: até 26 de janeiro
Endereço: Museu de Arte de Blumenau - Rua 15 de Novembro, 161, no Centro – Blumenau/SC - CEP 89010-001
Contato: 3381-6176

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Professores participam da última visita do programa de formação no MAB


Nesta segunda-feira, dia 20, cerca de 60 profissionais da Secretaria Municipal de Educação (Semed), divididos em duas turmas, estiveram no Museu de Arte de Blumenau (MAB) para o último encontro do programa de formação, desenvolvido em parceria com a Fundação Cultural de Blumenau (FCBlu). A atividade contou com a coordenação da professora Carla Carvalho.
Os participantes da oficina visitaram as salas expositivas com as obras da 5ª Temporada de Exposições de 2017 do MAB. Na ocasião, eles puderam visualizar as mostras Diagnósticos, de Nelson Julio; Pequenos Formatos, de Marco Magalhães; Recortes, da Federação das Associações de Artistas Plásticos de Santa Catarina; Do lado de cá, do lado de lá, de Eugênia França; Floema, de Simone de Moraes; e Desdobra, de João César Melo. Além disso, puderam acompanhar a exposição “Heranças Culturais”, dedicada ao Dia da Consciência Negra, com obras de Beliria Boni, Cema Raizer e Maristela Silveira.
Na mediação feita pela gerente do MAB, Mia Ávila, foram abordados temas como leitura de imagem, processo artístico, construção dos trabalhos, técnicas e suportes utilizados, expografia das exposições e educação estética, estabelecendo relações com a palestra da professora Carla Carvalho. “Gratificante também contar com a colaboração dos artistas Beliria Boni, Maristela Silveira e Nelson Julio, presentes nesse encontro”, destaca. “Importante registrar a riqueza dessas experiências desenvolvidas durante o ano, quando mais de mil profissionais da área da educação estiveram envolvidos, resultado do estreito diálogo promovido entre as instituições cultural e educacional”.

O que ver no MAB
5ª Temporada de Exposições de 2017
Visitas: até 18 de fevereiro de 2018, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h
Visitas mediadas: podem ser marcadas pelo telefone 3381-6176
Entrada franca
Exposição “Consciência Negra: Heranças Culturais”
Expositoras: Belíria Boni, Maristela Silveira e Cema Raizer
Visitas: até 24 de novembro, das 10h às 16h
Entrada franca
Local: Rua 15 de Novembro, 161, no Centro

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Fundação Cultural promove exposição alusiva ao Dia da Consciência Negra


O Dia da Consciência Negra é comemorado nesta segunda-feira, dia 20, em todo o País. A data homenageia Zumbi, um escravo que foi líder do Quilombo dos Palmares e morreu em 20 de novembro de 1695. Para marcar a ocasião, o Museu de Arte de Blumenau (MAB) preparou a Exposição “Consciência Negra: Heranças Culturais”, com obras das artistas Belíria Boni, Maristela Silveira e Cema Raizer. O público poderá conhecer os trabalhos nesta semana, das 10h às 16h, no Espaço Cultural Cidade de Blumenau, que fica no andar térreo da Fundação Cultural de Blumenau (FCBlu). A entrada é franca.
O objetivo do Dia da Consciência Negra é fazer uma reflexão sobre a importância do povo e da cultura africana, assim como o impacto que tiveram no desenvolvimento da identidade cultural brasileira. “A sociologia, a política, a religião e a gastronomia, entre várias outras áreas, foram profundamente influenciadas pela cultura negra. Este é um dia de comemorar e mostrar profundo apreço pela cultura afro-brasileira”, salienta a gerente do MAB, Mia Ávila. “No período do Brasil colonial, Zumbi simbolizou a luta do negro contra a escravidão que sofriam os brasileiros de etnia negra. Zumbi morreu enquanto defendia a sua comunidade e lutava pelos direitos do seu povo”.
Os quilombos, liderados por Zumbi, formavam a resistência ao sistema escravocrata que vigorava, e eram os principais responsáveis pela preservação da cultura africana no Brasil. Zumbi lutou até a morte contra a escravidão, abolida oficialmente em 1888, por meio da Lei Áurea, 193 anos após a sua morte.

Saiba mais
Exposição “Consciência Negra: Heranças Culturais”
Expositoras: Belíria Boni, Maristela Silveira e Cema Raizer
Local: Espaço Cultural Cidade de Blumenau (Rua 15 de Novembro, 161, no Centro)
Visitação: de 20 a 24 de novembro, das 10h às 16h
Entrada franca

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Pessoas com baixa visão e cegos participam de atividade no Museu de Arte


A 5ª Temporada de Exposições do Museu de Arte de Blumenau (MAB) foi recém-aberta pela Fundação Cultural de Blumenau (FCBlu). Na manhã da última sexta-feira, dia 10, a primeira ação pós-instalação da mostra envolveu uma parceria entre o Centro Braille da FCBlu e a artista paulista Simone de Moraes, que atuou como mediadora durante a visita de um grupo de pessoas com baixa visão e cegos ao MAB. Todos foram direcionados para a Sala Elke Hering, onde receberam informações sobre o espaço, a artista expositora, o trabalho desenvolvido, os recursos e as técnicas utilizadas.
Em seu trabalho, Simone utiliza lã de carneiro como matéria-prima e, com movimentos repetitivos dos braços, forma desenhos e composições, que constituem a exposição Floema. A artista sugeriu um percurso no espaço no qual a instalação se encontra, permitindo a locomoção sobre a obra. Em seguida, promoveu o toque no material que possui diversas espessuras. Os visitantes permaneceram imersos nessa experiência tátil da obra por um tempo. “A artista leu uma poesia que fala sobre o corpo. Após a leitura, os participantes foram estimulados a falar sobre a experiência tátil, auditiva e a relação do corpo no tempo e espaço. Cada um recebeu uma pequena bola de lã e instruções de um ponto para experimentar a prática de fazer arte”, relata a gerente do MAB, Mia Ávila. “A experiência foi enriquecedora para os envolvidos, participantes, artista, MAB e Centro Braille”.
Visitas às salas expositivas podem ser feitas até 18 de fevereiro, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h, sempre com entrada gratuita. O edital para as exposições temporárias de 2018 já está disponível no site da Prefeitura de Blumenau e as inscrições prosseguem até 26 de janeiro.

Serviço

5ª Temporada de Exposições no MAB
- Instalação Floema, de Simone Moraes
- “Do lado de cá, do lado de lá”, de Eugênica França
- Recortes, de 14 artistas da Federação das Associações de Artistas Plásticos (FAAPSC)
- Diagnósticos, de Nelson Júlio
- Desdobra, de João César de Melo
- Pequeno Formato, de Marco Magalhães
Onde: Museu de Arte de Blumenau (Rua 15 de Novembro, 161 – Centro)
Visitação: até 18 de fevereiro, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h
Visitas mediadas: podem ser marcadas pelo telefone 3381-6176
Entrada franca

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Fundação Cultural promove ação para pessoas de baixa visão e cegos


A Fundação Cultural de Blumenau (FCBlu), por meio do Museu de Arte de Blumenau (MAB) e do Centro Braille, realizará, nesta sexta-feira, dia 10, às 9h, uma atividade voltada para pessoas de baixa visão e cegos. A iniciativa ocorrerá na Sala Elke Hering do MAB e contará com a participação de Simone Moraes, que está entre os artistas selecionados para a 5ª Temporada de Exposições do museu.
Em seu trabalho, Simone utiliza lã de carneiro como matéria-prima e, com movimentos repetitivos dos braços, forma desenhos e composições, que constituem a exposição Floema. Na ocasião, além da experiência tátil e auditiva, os participantes poderão tocar e arriscar criações artísticas com o material que possui diversas espessuras.
Natural de Ribeirão Preto (SP), Simone é graduada em Educação Artística com habilitação em Artes Plásticas na Unaerp. Na sua rotina profissional, pesquisa vestígios de paisagens, estruturas orgânicas e resgates de uma memória pessoal por meio de registros, coletas e expedições. De sua prática resultam formas, repetições e sobreposições de distintos materiais, desdobrando-se em objetos, ações, intervenções, colagens, desenhos e fotografias. Seu portfólio está disponível no site www.simonemoraes.net.

Serviço

Ação mediadora com a artista Simone Moraes
Quando: sexta-feira, dia 10, às 9h
Onde: Sala Elke Hering - Museu de Arte de Blumenau (Rua 15 de Novembro, 161 – Centro)

Abertura da 5ª Temporada de Exposições no MAB

Data: quinta-feira, dia 9
19h: conversa com os artistas
20h: abertura da 5ª Temporada de Exposições do MAB, lançamento de livros, declamações de poesias e apresentações musicais
Visitação: até 18 de fevereiro de 2018, de terça-feira a domingo, das 10h às 16h
Visitas mediadas: podem ser marcadas pelo telefone 3381-6176
Entrada franca

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello