Postagens

Painel Freya Gross

CULTURA ESPETACULAR

Painel Aldeia homenageia a ceramista Freya Gross

Trabalho da artista blumenauense está exposto no segundo piso da Secretaria Municipal de Cultura.

A Secretaria Municipal de Cultura e Relações Institucionais (SMC) e o Museu de Arte de Blumenau apresentam o painel Aldeia, em homenagem à autora, a ceramista Freya Gross. A artista nasceu em 19 de setembro de 1916 em Blumenau. Na década de 1950, conheceu o escultor e ceramista italiano Angelo Tanzini, que viveu no Valeu do Itajaí e em Minas Gerais, tendo retornado à Itália nos anos 1960. Com ele, Freya aprendeu todas as técnicas, desde a escolha da argila, as etapas e cuidados até a queima. Seus estudos e experimentações acabaram por dar novo significado à sua vida. Devotou à atividade tanto empenho e dedicação que fizeram dela uma conceituada e respeitada ceramista.
Entre seus inúmeros trabalhos, tinha como especialidade os painéis que executava em azulejos cerâmicos pintados à mão. Assim foi o processo de um de seus últim…

Homenagem a Pedro Dantas

Pedro Dantas é o homenageado da semana

Imagem
A Secretaria Municipal de Cultura e Relações Institucionais (SMC) e o Museu de Arte de Blumenau (MAB) prestam homenagem ao Comendador da Cultura, bailarino e escultor Pedro Dantas. O personagem do dia nasceu em 15 de julho de 1941, na cidade de Mirandela, na Bahia, mas escolheu Blumenau como sua "pátria".Ainda na infância, Dantas aprendeu com os avós, que trabalhavam com argila e madeira, a arte de esculpir, criando as figuras para o presépio de Natal. Enquanto o pai trabalhava nas plantações de milho, ele cantarolava imitando cantores famosos e então começou a perceber seu dom artístico.Por influência da Tia Joaninha, de quem recebia aulas, passou a admirar as estrelas e toda a órbita espacial, levando esta admiração para a dança, explorando o espaço e desafiando a força da gravidade. Ainda criança, Pedro foi morar em São Paulo, onde a vizinha e que era professora de Balé, lhe mostrou o caminho para a dança. Conviveu com artistas e bailarinos, com os quais descobriu a paixã…

Homenagem a Inge Lauterjung

Inge Lauterjung é a homenageada da semana

Imagem
No #TBT desta semana a Secretaria Municipal de Cultura e Relações Institucionais (SMC) e o Museu de Arte de Blumenau (MAB) prestam homenagem à Inge Lauterjung, que completa 96 anos nesta quinta-feira, dia 2 de julho. A artista plástica nasceu em Blumenau em 1924 e, aos 66 anos, deu vazão aos dotes artísticos, iniciando estudos e pesquisas em técnicas de desenho. Ao criar suas primeiras obras com dedicação, perseverança e determinação, conseguiu atingir bons resultados convencendo-se cada vez mais que era o que queria fazer.Seu currículo artístico remete ao atelier de Elio Hahnemann, Érica Araújo, Paulo Cecconi, Simone Tanaca e Rosi Darius. Esteve na Itália em 1994, no atelier de Roberto Machini e em 1997 teve aulas de acrílica com Sérgio Poddighe. Sua sensibilidade se expressa nas manchas das aquarelas, onde enaltece a natureza através de flores e paisagens. Com essa técnica a artista registra impressões guardadas na memória, criadas em seus sonhos ou observadas no seu cotidiano.Em ju…

#TBT no MAB destaca Tadeu Bittencourt

No TBT desta semana, o Museu de Arte de Blumenau (MAB) relembra e presta homenagem ao artista Tadeu Bittencourt, que nos anos de 2011 e 2016, teve suas obras expostas na Galeria Municipal de Arte, em comemoração aos seus 25 e 30 anos de trajetória artística. O blumenauense Tadeu Bittencourt nasceu em 1955 e faleceu em 2016, aos 60 anos. Sua arte sobressaiu a partir da década de 1980. Artista de muitas facetas, apresentou no universo de sua criação diversas linguagens pelas quais transitou com plena liberdade. Sua trajetória foi marcada pela diversidade de emoções e sentimentos que suas obras suscitam e que revelam seu aspecto pluralista, o que fez dele o artista mais premiado de Santa Catarina. No percurso histórico, sua produção artística pode ser apresentada em núcleos: pintura; caminhos das velas: a linha do espaço; cornucópias, a poética espacial do ar e objetos sonoros. O Museu de Arte de Blumenau ao expor obras de seu acervo, entre elas as premiadas “Cornucópia” e “Parede”, presto…

#TBT no MAB destaca o artista Tadeu Bittencourt

Imagem
Dando continuidade à série #TBT no MAB, vídeo desta semana relembra e presta homenagem ao artista Tadeu Bittencourt, que em 2011 e 2016, teve obras expostas na Galeria Municipal de Artes, em comemoração aos seus 25 e 30 anos de trajetória. O artista blumenauense nasceu em 1955 e faleceu em 2016, aos 60 anos. Sua arte se sobressaiu a partir da década de 1980.Tadeu apresentou no seu universo de criação diversas linguagens pelas quais transitou com plena liberdade. Suas obras foram marcadas por emoções e sentimentos, o que fez dele o artista mais premiado de Santa Catarina. No percurso histórico, sua produção pode ser apresentada em núcleos: pintura, caminhos das velas, a linha do espaço, cornucópias, a poética espacial do ar e objetos sonoros.Na pintura, explorou inicialmente o figurativo, com o torso bem marcado e as formas arredondadas, tendo como referência o movimento modernista brasileiro. O prazer das pinceladas gestuais, as formas dissolvendo-se, no campo de cores, manchas concen…